Sábado, 28 de Maio de 2022
14°

Poucas nuvens

Cabreúva - SP

Geral Pará

Cooperação entre Emater e Paragominas garante atendimentos a 400 famílias produtoras

O ato de assinatura contou com as presenças do governador Helder Barbalho e do presidente do órgão estadual, Rosival Possidônio, neste sábado (14)

14/05/2022 às 17h05
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

Com o objetivo de fortalecer as ações de atendimento ao público da agricultura familiar na Região de Integração do Rio Capim, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) celebrou Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura Municipal de Paragominas, em cerimônia ocorrida neste sábado (14). O ato de assinatura contou com as presenças do governador Helder Barbalho e do presidente do órgão estadual, Rosival Possidônio.

A previsão do Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Proater) deste ano é de atendimento de 400 famílias produtoras  em nove comunidades. "É um dia de felicidade, quando estamos escrevendo um capítulo para esta região do Capim, não apenas Paragominas, mas toda a área da Belém-Brasília, para que a população possa viver melhor", afirmou o chefe do Poder Executivo.

Em Paragominas, o escritório local da Emater tem a previsão de elaborar, até dezembro, 300 cadastros ambientais rurais e 300 Declarações de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar (Dap/Pronaf), além da elaboração de projetos de crédito rural para investimento em diversas cadeias produtivas, em especial, a bovinocultura leiteira, a fruticultura e a piscicultura, principais vocações econômicas do município.

"Essa parceria com o Governo do Estado é um marco para o nosso desenvolvimento, com muitas conquistas, e tudo isso  tem que ser celebrado junto com o povo", disse Lucídio Lobato, prefeito de Paragominas, .

De acordo com o médico veterinário da Emater, Sidney Aguiar, que chefia o escritório de Paragominas,  as principais demandas estão dentro dos arranjos produtivos locais (APL),  pecuária, olericultura geral, piscicultura, cultura da mandioca (para produção de  farinha), apicultura, cultura do açaí, e Sistemas Agroflorestais (SAF’s).

"Já foram aprovados 17 contratos com recursos liberados na ordem de R$ 1,44 milhão, para investimentos, principalmente, na pecuária. Há também 24 propostas de créditos elaboradas e internalizadas que totalizam R$ 1,1 milhão. Tudo pelo Pronaf", explica o chefe local da Emater.

A equipe do escritório da Emater em Paragominas é composta ainda por um engenheiro ambiental, um engenheiro agrônomo, uma tecnóloga em alimentos e um auxiliar administrativo.

Texto de Paula Portilho (Ascom Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários